O Que é SEO: Um Guia Completo Para Você Ficar no Topo do Google em 2019!

Escrito por: Caio Rodrigues

Aprender o que é SEO e utilizar as técnicas que funcionam para aparecer nos primeiros resultados dos principais motores de busca, é o desejo de todos que trabalham na web e investem em marketing digital, não é mesmo?

Neste artigo, vou ensinar TUDO que você precisa saber, para colocar o seu site no topo da primeira página de resultados do Google!

E posso te afirmar: “Fazer isso é muito mais simples do que você imagina!”.

Então, prepare-se, pois quando você terminar de ler este artigo, saberá exatamente o que fazer para colocar qualquer tipo de site no topo dos rankings!

Vamos lá!

O que é SEO (Search Engine Optimization)?

Essa é a sigla para Search Engine Optimization que em português seria Otimização para Motores de Busca. É um conjunto de técnicas aplicadas em páginas e conteúdos para web, visando melhorar o posicionamento em buscadores como Google (principal, pois detém mais de 90% do mercado).

Com essas técnicas de otimização, você terá a chance de colocar a sua página nas primeiras posições nos resultados das buscas, quando determinadas palavras-chave forem inseridas pelos usuários.

Por exemplo, se uma pessoa acessa o Google e procura por “Remédios caseiros para sarna” e você trabalha com soluções caseiras, e tem um site com informações e conteúdos que contam com uma boa aplicação de otimização para os motores de busca, certamente, na hora que o Google gerar os resultados da pesquisa, a sua página irá aparecer nas primeiras posições, aumentando assim as chances desse usuário ir buscar o que precisa no seu site ou loja virtual(fantástico não é?!).

Esse processo é o que chamamos de tráfego orgânico.

Mas, se notar, na página do Google também existem aqueles resultados que sempre aparecem no topo ou no rodapé dos resultados, com um destaque em verde.

Nesse caso, estamos falando do tráfego pago ou Google Ads(antigo Adwords).

imagem que mostra resultados do Google ADS

As ações de SEO não irão atuar neste segmento ok?!

 

Por que devo aplicar SEO em meu site ou blog?

Uma das dúvidas mais recorrentes em quem não sabe por quê aplicar seo é a importância desse conjunto de técnicas.

Afinal, você se pergunta: pra que serve o SEO para meu site? Por que é tão importante?

A resposta é simples.

Basicamente, para que você tenha resultados na internet, você precisa de tráfego, ou seja, pessoas acessando seu conteúdo! Do que adianta ter um site rápido, com um design legal se ninguém acessa?

Para levar pessoas ao seu site que serve esta otimização (e é exatamente tudo que você precisa).

Por que a aplicação dessa técnica é tão importante para o seu negócio?

Separamos alguns motivos abaixo pelos quais você precisa investir nessa estratégia.

Anote tudo e você terá muito sucesso…

…Vamos lá!

Aumentar o alcance da sua página

Mais do que uma ferramenta de ranqueamento, também é uma forma de você aumentar o alcance da sua página.

Uma vez que ela fica mais atrativa para os robôs que fazem o posicionamento nos motores de busca, ela acaba chegando a um número maior de pessoas, e é exatamente isso que todos querem (basicamente, é o cliente batendo na sua porta).

Veja abaixo algumas dicas de um dos maiores especialistas em otimização de buscadores e Marketing digital atualmente, Neil Patel.

Criar autoridade

Para conseguir se destacar em meio a tantos concorrentes, é necessário mostrar que a sua marca tem algum diferencial a oferecer.

Com esse conjunto de técnicas, você consegue aumentar a autoridade da sua página na web e assim se tornar referência no seu nicho.

Quando ela passa a aparecer nas primeiras posições de pesquisas, isso demonstra que ela tem mais relevância. Tanto para os motores de busca, como para os próprios usuários.

E essa é uma das técnicas que aplicamos com os nossos clientes aqui na Next One Web.

Se destacar da concorrência

Aplicar técnicas de otimização de sites também é uma das formas de você se destacar da concorrência.

Um site que consegue chegar nas primeiras posições dos motores de buscas, sem ser por meio de links pagos utilizando o Google Ads por exemplo, tem mais destaque entre os concorrentes.

Na maioria das vezes, a busca orgânica por determinada palavra-chave tem mais acessos do que no próprio tráfego pago (em média a taxa de cliques para o resultado orgânico é 65% maior que o tráfego pago)!

Vale lembrar que dependendo do nicho é muito bom utilizar o Google Ads, porém, como um complemento a otimização orgânica e não o substituindo somente pelo tráfego pago.

Daí você se pergunta o por quê?

É simples.

Uma vez que você pare de pagar o anúncio, seu site também sumirá da primeira página!

Péssimo depender somente disso! não acha?

Ao aplicar técnicas de otimização, você terá tráfego sem ter que gastar 1 centavo!

Exatamente isso que você leu, clientes te encontrando e entrando em seu site (cliques infinitos) sem você gastar nada por isso!

Como funciona o Google

Para saber como otimizar SEO, você precisa entender como o maior motor de buscas da atualidade funciona.

E, claro, o porque desse conjunto de técnicas, também conhecidos como SEO marketing ser tão eficaz.

Basicamente, esse buscador leva em conta uma série de variáveis para posicionar as páginas em suas pesquisas .

Dentro do algoritmo do Google existem mais de 200 fatores para ranqueamento.

Para isso, ele utiliza robôs que “lêem” todos os conteúdos, desde textos até imagens (no caso, o atributo ALT da imagem que funciona como a âncora, o Google não consegue ler a imagem em sí).

Exemplo de atributo alt na imagem:

imagem que mostra o atributo alt no código html

 

Através dessa leitura, esses mecanismos identificam a relevância da página para o público e, com base nisso, posicionam o site nos primeiros resultados.

O algoritmo responsável por entregar o melhor conteúdo para uma determinada busca, se chama Rank Brain.

Este algoritmo basicamente verifica 4 situações para isso:

1-CTR(Taxa de cliques)

2-Permanência na página

3-Dwel Time (quando a pessoa clica no seu resultado, não gosta do conteúdo e clica em “voltar” para os resultados da SERP)

4-Bounce Rate (quando a pessoa clica no seu resultado, não gosta e sai do seu site, sem voltar aos resultados do Google)

E se o seu site está em uma posição boa nos resultados de busca, porém, outros sites começam entregar resultados melhores, seu site irá cair rapidamente.

Rank Brain nota que o site entrega conteúdo ruim e rebaixa ele nas buscas

Por isso, mantenha seu site com conteúdos sempre relevantes e atualizados.

Agora, se o seu site está entregando ótimo conteúdo para os usuários, o Rank Brain também verá isso, e o resultado será esse:

Rank Brain verifica que o conteúdo do site é bom e sobe ele nas buscas

E vamos dizer que o site que está na primeira posição, para de entregar conteúdo relevante, e o seu site que está na quarta posição entrega um ótimo conteúdo, sabe o que vai acontecer?

O Rank brain vai subir ele nas buscas e rebaixar seu concorrente:

Rank Brain altera os resultados nas buscas de acordo com preferências dos usuários

Sensacional, não acha?

Conteúdos de baixa qualidade são punidos por algoritmos do Google.

Então nunca pense em criar um artigo qualquer para colocar em seu site, demore um tempo a mais, mas sempre entregue conteúdo completo e detalhado para o seu público.

Falaremos mais sobre isso na continuação deste post!

Como aplicar SEO e ficar no topo dos motores de busca

imagem que mostra passos para ranquear no Google aplicando SEO

 

Agora que você já entendeu como funciona esse conjunto de técnicas, nós vamos te ensinar como utilizar otimização SEO.

É importante entender que a todo o momento o mecanismo do Google muda (eles alteram o algoritmo mais de 500 vezes no ano!) e, por isso, é necessário se atualizar constantemente frente às técnicas de otimização.

Somente desta maneira você conseguirá um bom ranqueamento para a sua página.

Na sequência, listamos os pontos essenciais para obter sucesso nas ações de SEO no seu site ou blog.

Pegue papel e caneta, prepare seu café e vamos lá!

Mobile First-Index

Você sabe o que significa Mobile First-Index?

Antigamente, quando o número de acessos pelo desktop eram maiores que no celular, o Google dava prioridade para os resultados do desktop.

Hoje em dia as coisas mudaram, com o aumento de buscas feitas pelo celular, agora o Google dá prioridade para os resultados do mobile.

Isso significa, que não importa se você está utilizando o computador ou o celular para buscar no Google, ele irá te mostrar os resultados para mobile.

Exatamente assim:

Resultados que o Google mostra através do mobile first-index

Então, o seu site tem que ser construído com foco no mobile a partir de agora, caso contrário, você estará perdendo posições nos resultados de busca.

Produza conteúdo de qualidade

Como dito anteriormente, um dos fatores que os robôs dos mecanismos de busca levam em conta para ranquear sites é a qualidade do conteúdo deles.

Então, antes de mais nada crie uma boa estratégia de conteúdos para a sua página: informações de qualidade e relevância para os usuários.

Podemos exemplificar com um blog de amantes das motos Harley Davidson e você quer entregar um conteúdo relevante para seu público, o que você pode fazer? digite no Google: “motos Harley Davidson” e veja o que os 5 primeiros resultados estão entregando, esta é uma ótima forma de saber o que as pessoas querem ler quando buscam por esse termo, entendeu? 😀

Dentro do seu conteúdo de qualidade coloque as palavras-chave que você deseja ranquear no Google, porém, de maneira alguma isso significa que você tem que repeti-la muitas vezes, se você o fizer, será punido (nada de apelação ok!?).

Tenha no máximo 2% de palavras-chave dentro do seu conteúdo e isso será suficiente.

Coloque sinônimos dessas palavras-chave dentro do texto (isso é de extrema importância).

Vamos dizer que a palavra que eu quero ranquear seja “emagreça com saúde”, então dentro do meu conteúdo vou colocar: emagrecimento saudável, emagrecimento natural, emagrecimento duradouro, entendeu?

Use palavras-chave com alto ou médio volume de busca

O que isso quer dizer?

Hoje em dia, se você procurar o seu próprio nome no Google, por exemplo, provavelmente o seu perfil no Facebook ou em outra rede social irá aparecer logo nas primeiras posições.

Isso quer dizer que você tem um excelente ranqueamento? Não! Porque o seu nome não tem um grande volume de buscas. Ele está aparecendo nessa posição por conta da especificidade da pesquisa e não por sua relevância.

Para que as melhorias para os buscadores sejam aplicados corretamente, você precisa buscar palavras-chave que apresentam um elevado poder de ranqueamento.

Uma dica é abrir uma aba anônima no seu navegador e usar as sugestões de busca do próprio Google.

sugestões do Google para uma palavra-chave

Elas são dadas justamente com base no volume de busca.

Então, se elas estão ali, é porque são relevantes.

Além disso, você também pode usar o auxílio de outras ferramentas que geram palavras-chave de alta relevância com base no tema ou nicho de mercado em que você atua, como o Ubbersugest, por exemplo.

Existem algumas ferramentas que todo profissional precisa conhecer para conseguir obter todas as métricas necessárias para poder competir em SEO e conseguir estar na primeira página e também entre as 3 primeiras posições.

Use Palavras-chave LSI (Latent Semantic Indexing)

Palavras-chave LSI são palavras que vão mostrar ao Mr.G do que se trata seu conteúdo, quando você faz o uso dessas palavras, o Google pensa: “Incrível! Esta página aborda este conteúdo de uma forma completa.

Como você imagin que o Google consegue interpretar se seu artigo de “manga”, é a respeito da fruta manga e não a manga de uma camisa?

Através das palavras-chave LSI.

No seu texto terão palavras como: receitas, sobre suco de manga, época de colheita etc…

Para você encontrar essas palavras, você pode usar o Google Keyword Planner, digite a palavra principal:

Imagem do Google keyword planner

Então, ele irá mostrar as palavras-chave LSI para você:

Imagem palavras-chave LSI do Google keyword planner

 

 

Você também pode conseguir as palavras-chave LSI através do próprio Google.

Digite na busca a palavra-chave principal:

Imagem buscador do Google

E então, o Google vai te mostrar as palavras-chave LSI:

Imagem pesquisa relacionada do Google

Faça uso desta técnica e veja seus conteúdos subirem no topo da SERP.

Bullet points

Os tópicos também tem o seu papel na otimização de páginas na internet.

imagem que mostra tópicos ou bullet-points abordados no artigo

Isso porque, eles deixam o conteúdo mais escaneável, ou seja, mais fácil de ler tanto para os motores de busca, como para os usuários.

Consequentemente o seu site acaba sendo encarado como mais relevante dentre as outras opções presentes nos resultados da pesquisa feita pelo usuário.

Título e descrição (title e meta-description)

O Title e a meta-description são os elementos que irão aparecer nos resultados das pesquisa dos buscadores e fazem parte da estratégia de otimizar SEO on-page (ou seja, aplicar as técnicas dentro do seu site).

imagem que mostra exemplo de titulo e meta-description otimizados

 

Um hack que já foi testado e ajuda o robô a entender o conteúdo e rankear melhor a página, é colocar a palavra-chave no início do título.

Desta forma: “Palavra-chave + algo chamativo”.

O meta-description não impacta diretamente no algoritmo do Google, porém, tem impacto nos usuários.

Tenha bastante criatividade para chamar a atenção do usuário neste item para que ele clique no seu resultado.

Muitas pessoas esquecem de alterar esses dados, deixando coisas como Home e slogans.

Isso dificulta o ranqueamento, até porque os motores de busca não irão associar essas informações ao conteúdo postado.

Então lembre-se de alterar esses dois elementos.

Os dois precisam conter a palavra-chave principal do seu conteúdo, e tem de descrever o material de maneira resumida.

Para o title utilize até 60 caracteres e meta-description até 160 caracteres (se você utiliza como CMS o WordPress, utilize o plugin Yoast, ele vai te dar algumas dicas a respeito do máximo de caracteres que você deve escrever).

O grande marketeiro Neil Patel, explica muito bem sobre como você deve tratar o title e meta-description do seu site e a importância deles na sua estrátegia, veja abaixo:

URL

Claro que não poderíamos esquecer do endereço do site.

Quando você posta algo, geralmente uma URL genérica é criada, com vários números e letras aleatórios, isso dificulta a indexação por parte dos motores de busca.

Exemplo:

imagem de uma URL ruim para o crawler do Google fazer a leitura

Logo, antes de postar qualquer conteúdo em sua página, lembre-se de alterar a sua URL para algo que seja fácil de identificar.

A maioria dos Gerenciadores de Conteúdo como WordPress possibilitam que você altere isso rapidamente.

Faça com que sua URL sempre tenha a palavra-chave do seu conteúdo.

Se você possui um artigo dentro do seu blog que ensina: “Como cuidar do seu jardim”, então, na URL do artigo coloque:

imagem URL correta para o crawler do Google fazer a leitura

Backlinks (SEO OFF-PAGE)

Essa é uma das melhores dicas que nós poderíamos ensinar pra você!

Os backlinks são de extrema importância para a estratégia de tráfego orgânico (e faz parte dos 80% de peso do ranqueamento).

O Google consegue enxergar relevância no seu site, se outros sites fizerem uma menção dele.

Em outras palavras, você vai ficar com moral com o M. Google. 😀

Consiga uma referência do seu conteúdo em outros sites do mesmo nicho que o seu, e as suas chances de ir para a primeira página do maior buscador do mundo aumentarão!

Entre em contato com blogs do seu nicho e que se interessem pelo seu contéudo.

Mande um e-mail solicitando que o dono do blog veja o seu conteúdo, e caso ele tenha gostado e tenha interesse, poderá linkar para seu artigo.

O e-mail poderá ser assim:

imagem que mostra um email correto para ser enviado para solicitar backlink

 

Se ele aceitar, BINGO! você já possui um backlink!

Como este ensinamento é CRUCIAL para ranquear seu site na SERP (Página de resultados do Google), assista esta aula SENSACIONAL sobre SEO OFF-PAGE.

Por que tenho que procurar sites do meu nicho para linkarem para o meu?

Imagine que o jogador de futebol Pelé faça uma entrevista falando sobre como pilotar avião, você acha que o Pelé tem condições e conhecimento para falar sobre esse assunto?

Agora pense o Pelé falando sobre futebol e apontando o melhor time do Brasil na opinião dele! Terá muita relevância, pois o Pelé tem grande AUTORIDADE sobre o assunto.

Entendeu agora o motivo de você sempre procurar backlinks de sites e blogs do seu nicho?

Links Internos

Fazer linkagem interna é fundamental para quem quer ranquear bem nos mecanismos de busca.

Por quê?

Pense o seguinte:

Vamos imaginar que você recebeu vários backlinks de sites para um determinado artigo do seu blog, ou seja, ele está recebendo autoridade e esse artigo vai pra primeira página do Google, porém, a página principal e demais artigos do seu site não estão nos primeiros resultados.

O que você pode fazer?

Utilize-se deste seu artigo com autoridade recebida pelos backlinks, para direcioná-la a outros artigos do seu blog, ou até mesmo a home do seu site.

Desta forma aumentam as chances das outras páginas do seu site também ranquearem nos primeiros resultados do Google, pois você está repassando a autoridade do artigo para as demais páginas!

Links Externos

Apesar do Google não informar abertamente que a linkagem externa ajuda uma página a ranquear bem, por outro lado, o Google foca totalmente na experiência do usuário (para um bom entendedor, meia palavra basta não é?!).

Se você reparar neste artigo que você está lendo, nós fizemos algumas linkagens externas para sites que realmente vão te ajudar naquele determinado assunto no qual foi linkado.

O Google adora isso, e vê que você de fato está preocupado em ajudar o usuário a aprender sobre aquele determinado assunto.

E com certeza o seu site vai ganhar muitos pontos colocando isso em prática.

Mas lembre-se…

A linkagem externa, tem que de fato ajudar a pessoa que está lendo seu artigo, caso contrário, o Google vai ver que vocês está tentando forçar um link e isto não vai te ajudar em nada.

Heading Tags

Dentro do seu site, você deve utilizar as tags de HTML5 para que os robôs do Google possam ler e compreender o que está escrito ali, e para isto pense no seu site como se fosse um livro, para ser organizado ele tem que ter títulos e sub-títulos correto?

É exatamente assim que deve ficar:

Exemplo de títulos h2 e h3

 

Neste exemplo, utilizei a tag H2 no assunto principal e abaixo a tag H3 que faz parte da resposta, ou seja, a explicação de “aumentar o alcance da sua página” está dentro da pergunta principal “Por que devo aplicar SEO em meu site ou blog?”.

Sempre utilize apenas um H1 por página, ela é a heading tag mais forte e que vai mostrar aos robôs qual o principal assunto do seu site.

O que é SEO Local

A otimização para negócios locais, é um pouco diferente das técnicas utilizadas para sites que vão rankear para o Brasil todo.

A ótima notícia é que é muito mais fácil rankear localmente! (pois a concorrência é muito menor).

Se você possui uma empresa local, vamos lhes dar as melhores dicas para que você consiga rankear bem na sua cidade e conseguir muitos clientes!

Cadastre sua empresa no Google My Business

A primeira ação que você deve fazer, é fazer o cadastro no Google meu negócio.

Depois, peça para seus clientes entrarem lá e deixem um comentário positivo sobre seu negócio ou serviço (isso irá ajudar o Google a rankear melhor o site da sua empresa).

Preencha corretamente o endereço, site e telefone da sua empresa (isto é de extrema importância).

Logo depois do cadastro, quando seus clientes procurarem serviços que você presta, sua empresa aparecerá assim:

imagem que mostra resultado do Google meu negócio

 

Cadastre seu site localmente

A segunda ação importante é cadastrar seu site em diretórios locais.

Uma dica é você entrar no Google e digitar: “serviços cidade X”, “Guia + cidade”.

Cadastre o site da sua empresa no máximo de guias locais que conseguir! Isso ajudará seus rankings demais.

Como falei anteriormente, no cadastro destes guias, coloque os mesmos dados que foi colocado no Google meu negócio.

Isso ajudará o Google a ter certeza que é a sua empresa de fato.

Consiga links de sites da sua cidade

Exatamente o que você leu.

Busque backlinks de sites da sua cidade, pode ser do seu fornecedor, de um parceiro comercial, um link do seu nicho e da sua cidade, para SEO local tem um peso enorme (aproveite essa dica, ninguém irá te contar isso).

CONCLUSÃO

Você pode perceber que aplicar as técnicas de SEO de forma correta é muito importante para sua estratégia.

Poucas pessoas possuem esses conhecimentos, então aproveite-os para deixar a sua concorrência para trás!

Otimize o título, url, descrição, imagens.

Crie um blog, insira um conteúdo de alta qualidade que ajudará seus usuários

Isso fará com que você seja autoridade no seu nicho e a possibilidade deste usuário contratar o seu serviço ou produto é muito grande!

Busque backlinks do seu nicho, lembre-se que essa estratégia envolve 80% dos seus resultados nas buscas orgânicas.

Use palavras-chave com cauda média e longa para atingir diversos públicos.

Utilize palavras-chave LSI, isso é de extrema importância.

Use links internos para transmitir autoridade para as demais páginas do seu site (que são relevantes nas buscas).

Sempre que for ajudar seu usuário, faça linkagem externa para sites com alta autoridade, isso será muito bem visto aos olhos do Mr. Google.

Você possui um negócio local? Não se esqueça de cadastrá-lo no Google Meu Negócio e também nos guias comercias de sua Cidade.

Gostou do conteúdo?

Esperamos ter ajudado você a entender do que se trata a otimização para motores de busca, e também como aplicar estas diversas técnicas!

Estou curioso para saber se você conseguiu absorver todo o conteúdo!

Se ficou alguma dúvida, só deixar nos comentários.

Grande abraço!

voltar