Como Começar no Marketing Digital: 7 Dicas Para Começar e Se Destacar no Mercado

Confira 7 dicas valiosas para começar no marketing digital e se destacar no mercadoImagem do mundo do marketing digital

Você já parou para pensar que passamos boa parte do nosso tempo conectados à internet?

De fato, a tecnologia transformou nosso dia a dia, a forma como trabalhamos e os hábitos de consumo.

Assim, as empresas tiveram que se adaptar e não foi diferente com o setor de marketing, que também passou para o digital.

Atualmente, 94% dos negócios no Brasil apostam no marketing online.

Então, é uma área que tem uma ótima demanda.

Se você também quer ingressar nesse mercado com excelentes oportunidades, mas ainda não sabe como começar no marketing digital, continue com a gente e acompanhe o guia completo que preparamos para você!

1. Determine um objetivo

Pessoa começando no Marketing Digital

O primeiro passo para ter sucesso no marketing digital é definir os objetivos e identificar qual é a importância para o seu negócio.

O que sua empresa precisa?

Algumas ideias são:

  • melhorar o posicionamento no mundo digital;
  • gerar leads qualificados para o time de vendas;
  • aumentar o alcance da sua marca;
  • estreitar o relacionamento com seu público;
  • reter e fidelizar clientes;
  • tornar-se referência e autoridade no mercado;
  • reduzir custos de aquisição de clientes.

Lembre-se de que o marketing online oferece uma série de benefícios para uma empresa.

Então, você não precisa escolher apenas um.

No entanto, para começar no marketing digital é essencial estabelecer qual é o mais importante ou, então, listar vários e classificá-los em ordem de relevância para o seu negócio.

2. Conheça seu público-alvo

O marketing digital se baseia em entregar o conteúdo certo pelos meios digitais certos para as pessoas certas no momento certo.

Então, é fundamental conhecer a fundo o seu público-alvo.

Ou seja, é preciso saber quais são seus desejos e necessidades, em qual etapa da jornada de compra ele está e quais são as mídias digitais que ele mais utiliza.

Caso contrário, grande parte dos seus esforços e investimentos em marketing digital será desperdiçado. Os principais benefícios de definir seu público são:

  • criar campanhas mais assertivas;
  • comunicar-se melhor com o seu público;
  • aproveitar melhor as oportunidades;
  • gerar diferencial competitivo frente aos concorrentes.

Contudo, não adianta escolher um público-alvo com base no que você acha que dará certo.

É necessário se basear em dados reais. Confira o passo a passo para definir seu público:

  • pesquise o mercado e o cenário atual;
  • conheça bem seu negócio e seus produtos ou serviços;
  • divida o mercado em segmentos geográficos, demográficos, psicográficos e comportamentais;
  • identifique quais segmentos têm maior potencial para a sua marca;
  • selecione um ou mais segmentos-alvos;
  • trace estratégias específicas para cada segmento-alvo.

3. Crie sua persona

Criando uma persona do zero

Grande parte das pessoas acha que público-alvo e persona são a mesma coisa.

Entretanto, persona é um personagem semifictício, baseado em dados e comportamentos reais, que representa o cliente ideal da sua empresa.

É ela que guia toda a criação de conteúdo do marketing digital.

Então, ela é criada com base nas informações sobre o seu público-alvo.

A diferença é que ela é bem mais aprofundada. Vamos a um exemplo para que você entenda bem a diferença:

Público-alvo

Homens e mulheres de 30 a 40 anos, formados em arquitetura, trabalham em escritório próprio, têm renda média mensal de R$ 4 mil e estão sempre em busca de capacitação profissional.

Persona

Paulo é arquiteto formado há 10 anos, autônomo, seu escritório tem 2 estagiários, está cursando mestrado, procura se manter sempre atualizado sobre as tendências do mercado.

Para isso, utiliza principalmente o Instagram, Pinterest, blogs especializados, assina newsletters de nomes com referência na área, participa de webinars e se inscreve em canais de arquitetura no Youtube.

Percebeu a diferença?

Enquanto o público-alvo é mais abrangente, a persona é bem específica.

No exemplo acima, você já consegue ter uma ideia do tipo de material que irá produzir e onde divulgar.

Então, para criar sua persona, crie questionários com as informações que você precisa saber e peça ao seu público-alvo para respondê-los.

Em seguida, analise os padrões nas respostas e crie seu personagem com base neles.

4. Escolha os canais de comunicação

Ao conhecer seu público-alvo e definir sua persona, você vai entender quais canais de comunicação eles mais utilizam.

Então, é nesses que você deve investir.

Afinal, não adianta sair publicando em todos os meios digitais se a sua persona só utiliza alguns. Isso seria desperdício de tempo e principalmente de recursos.

Quando falamos em canais de comunicação, logo nos vem à mente as redes sociais.

Porém, é importante considerar também outros meios, como site, anúncios em aplicativos, jogos, canais de streaming e motores de busca.

A escolha vai depender das preferências da sua persona.

5. Crie um relacionamento com seu público

Criar um relacionamento com seu público ajuda a conquistar e fidelizar clientes, além de fazer com que eles se tornem defensores e divulgadores da sua marca.

Para fazer isso, nada melhor que utilizar o e-mail e as redes sociais.

Afinal, hoje em dia é raro quem não as utilize diariamente, não é mesmo?

Conheça algumas ações para se aproximar do seu público:

  • parabenizar o cliente em datas importantes, como aniversário;
  • dar as boas-vindas após a assinatura da newsletter, curtida na página em rede social ou inscrição no canal;
  • enviar campanhas segmentadas;
  • oferecer promoções especiais para ressaltar os benefícios de ser cliente;
  • divulgar produtos novos, estimulando o cross-seling e upselling;
  • fazer conteúdos interativos para gerar engajamento;
  • realizar ações para que antigos clientes tragam novos.

6. Produza conteúdos relevantes

O próximo passo para começar no marketing digital é pensar no conteúdo que vai oferecer ao seu público.

Por isso é tão importante definir bem sua persona e acertar na escolha dos canais de comunicação.

Por meio deles, você saberá exatamente que conteúdo atrairá a atenção dos seus clientes e leads.

Para isso, também é importante considerar o funil de vendas. Basicamente, ele é dividido em:

  • topo — refere-se aos primeiros contatos do público com sua marca. Então, é preciso criar conteúdo de atração para despertar seu interesse;
  • meio — está ligado à consideração e intenção do público. Ou seja, ele já reconhece que tem um problema ou desejo e quer saber quais são as suas opções para resolvê-lo. Desse modo, o conteúdo deve ser voltado a apresentação de seu produto como uma solução;
  • fundo — nesse momento, o lead está prestes e se tornar um consumidor da sua marca. Para conseguir isso, crie conteúdos demonstrando porque seu produto ou serviço é a melhor opção para ele.

7. Consulte um especialista

Mesa com dois especialistas em Marketing Digital

Na grande maioria dos casos, começar no marketing digital pode não ser uma tarefa tão fácil.

Porém, um especialista no assunto dará o direcionamento correto.

Afinal, ele tem experiência e conhecimento aprofundado sobre o tema.

Ou seja, ele saberá como definir seu público-alvo, criar sua persona, identificar os canais de comunicação certos e, ainda, criará os conteúdos corretos para cada etapa do funil.

Ele traçará as estratégias mais assertivas para gerar os melhores resultados para o seu negócio.

Isso porque além dos pontos que listamos também analisará as várias métricas que envolvem o marketing digital, verificará se as estratégias estão gerando os resultados esperados ou se é preciso adequá-las e utilizará as técnicas corretas para posicionar sua marca, como SEO, copywriting, e-mail marketing, inbound marketing, outbound marketing, branding, landing pages, parcerias estratégicas, entre outras.

Como você viu, começar no marketing digital não é tão complicado assim.

Basta seguir este nosso guia e colocar as mãos na massa.

Lembre-se de que uma empresa que não está bem colocada no mundo virtual não tem relevância, dificilmente é encontrada pelo público e, assim, acaba sendo ultrapassada pelos concorrentes.

Então, coloque em prática as nossas dicas o quanto antes e destaque-se no mercado.

Ficou com alguma dúvida?

Tem algo a acrescentar?

Deixe um comentário abaixo e compartilhe suas ideias e opiniões sobre o assunto!

voltar

Caio Rodrigues

[Caio Rodrigues especialista em SEO]

Me chamo Caio Rodrigues e sou especialista em SEO há mais de 5 anos. Autor de um blog especializado no assunto, e criador dos cursos SEO on-page, SEO off-page, SEO Local e Como trabalhar profissionalmente com SEO na plataforma Udemy. Possuo mais de 1500 alunos em todo o mundo. Amo otimizar sites e colocá-los no topo do Google!



Comentar

Seu email nunca será publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

NOME *

EMAIL *

MENSAGEM

Você pode usar essas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>